susana estebanProcura'2013

Críticas

x

93/100

2017/11Wine Advocate - Robert Parker

The 2013 Tinto Procura has been seen before, but since this is the best red I've seen yet from this young winery, it is worth a second look. It is a blend of 55% Alicante Bouschet and 45% a field blend from old vines in Portalegre, aged for 16 months in French oak (30% new, 70% second year). This has evolved nicely, no longer showing astringency but showing tension and verve, plus moderate tannins. Fresh but deep for the region and style, this is a classic food wine, something that has enough concentration to go with its fine acidity, perfect balance and gorgeous, lifted fruit. Although the astringency has faded mostly, it would be worth putting this away for another year. The acidity and general structure should preserve it well.

Drink date: 2017 – 2033

18/20

2018/11Revista de Vinhos

Durante dois anos andei à Procura em todo o Alentejo pelas vinhas óptimas para fazer os meus vinhos. Só em 2011 consegui finalmente encontrar duas parcelas em Portalegre uma zona muito mais fresca que o resto do território do Alentejo. Uma vinha tradicional que reúne um conjunto alargado de castas tradicionais de produção baixíssima que acrescenta uma frescura e complexidade pouco habituais, e uma vinha 100% Alicante Bouschet, que aporta potencia e estrutura. Da combinação destas duas parcelas nasceu um vinho único e extraordinário, o “Procura”.

Denominação de origem
_ Regional Alentejano
Castas
_ 55% Alicante Bouschet, 45% Castas Tradicionais de Portalegre
Vindima
_ Manual, para caixas de 20kg, com selecção rigorosa na adega
Vinificação
_ Em lagares de inox, de pequena capacidade, com controlo de temperatura.
Estágio
_ 16 meses em barricas de carvalho francês, dos quais 30% são de barricas novas e 70% de barricas usadas.
Engarrafamento
_ Junho de 2015
Produção
_ 5100 garrafas

Nota de prova

Cor vermelha muito escura, quase preta. As notas de fruta madura e intensa, embora sem qualquer excesso de maturação, a que se soma o tabaco, a grafite e um fundo mineral, surgem acompanhadas por uma leve sugestão vegetal que lhes acrescenta uma complexidade e tensão pouco habituais. Vivo e poderoso, austero mas delicado, surpreende pelos taninos vivos mas serenos, terminando fresco e vigoroso graças a uma acidez bem integrada.

Álcool
_ 14.5
Acidez total
_ 6
pH
_ 3.5
Ao visitar o nosso website, concorda com a nossa política de privacidade e cookies - Concordo